Bianca Viseu
Poesias, pensamentos, sentimentos
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
Textos


 

Uma Rosa, a Única 

 

 

Eu a vejo

Sempre

Há muito tempo

Muitos anos

Falo com ela

Ela me escuta…

As vezes

Escuto sua voz

O que ela diz

Não é tão importante

Mas

A sua voz

O seu olhar

A sua presença

Quem é ela?

Ela, que me vestiu uma vez

Com essa pele

Um abraço, mas não qualquer abraço

A pele

Com que ela me vestiu

Ainda me lembro

Minha pele

Não houveram mais abraços

Nenhum

Anos se passaram

E eu a vejo

Sempre

Talvez ela continue me vestindo

A mesma pele

Aquela

De muitos anos

Quinze?

Vinte?

Não sei

Ela nunca me abandonou

Nunca

Quem é ela?

Eu não entendo

Ela as vezes sorri

Raramente

As vezes ela parece cruel

Parece ter raiva

Ódio

Mas

Não

Não é de mim

Eu achei que pudesse ser

Mas não é

Agora sei

Ela tem raiva

Quando estou infeliz

E triste

Isso

Disso ela tem raiva…

Ela finge...as vezes

nao se importar...

mas, na verdade

ela se importa...

demais 

Ela não me toca

Eu não a toco

Será amor?

Será amor isso?

Será?

Amor?

Quem é ela?

Esse tempo todo

E ainda não sei

Mas foi ela

Que me vestiu

Minha alma

A pele

Minha pele

Talvez então

Ela seja isso

Minha pele…

Ela não me abandona

Ela nunca me abandonou

Será amor?

 Sera isso?

Sera isso, amor?

 

 

Bianca Viseu

 

 

 

 

" Se alguém ama uma flor da qual só exista um exemplar em milhões e milhões de estrelas, isso basta para fazê-lo feliz quando as contempla."

(Antoine de Saint-Exupéry)

 

 

 

Bianca V
Enviado por Bianca V em 11/07/2023
Alterado em 04/08/2023
Copyright © 2023. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Livro de Visitas Contato